IV Encontro de Meteoritos e Vulcões 2013

Banner

Você nos Eventos

Encontre sua foto nos eventos do Setor de Meteorítica do Museu Nacional
Banner
Meteorito: cratera de 20 metros na Letónia foi invenção PDF Imprimir E-mail
Escrito por Maria Elizabeth Zucolotto   
Seg, 26 de Outubro de 2009 20:31

Meteorito: cratera de 20 metros na Letónia foi invenção

Geólogo desmascarou mentira inventada por locais que queriam atrair turistas para a região

A notícia de que um meteorito caiu na Letónia abrindo uma cratera de 20 metros de diâmetro e dez de profundidade não passa de uma mentira inventada por um grupo de locais, que pretendia atrair turistas para a região, noticia a «EFE».

De acordo com vários geólogos da Letónia, que visitaram o local onde ocorrera a suposta queda de um meteorito, domingo à noite, numa quinta, «nos limites da cratera, é possível ver rastos de pás» e «recentemente ervas daninhas foram arrancadas. Esta é a versão oficial a que chegamos», assegurou Girts Stinkulis, chefe do departamento de geologia da Faculdade de Geografia da Universidade da Letónia, à agência «Baltic News Service (BNS)».

Meteorito abre cratera na Letónia


O especialista acrescentou que «as dimensões da cratera não correspondem com as que costumam deixar os meteoritos».

«O diâmetro e a profundidade são muito maiores», sublinhou o geólogo, acrescentando que a sua opinião é unânime entre os experientes em meteoritos.

O objecto incandescente que aparece nas imagens e fotografias reproduzidas pela imprensa pode ser pó de alumínio.

Entretanto, a ministra do Interior da Letónia, Linda Murnietse, afirmou à agência oficial russa «Itar-Tass» que os responsáveis pela farsa terão de pagar uma multa avultada.

«Se ficar provado que foi uma brincadeira terá que pagar e muito, já que por causa do incidente, a polícia, equipas de salvamentos e cientistas foram mobilizados, além de outras estruturas e equipamentos muito caros», precisou.

Vladimir Svetsov, cientista russo do Instituto de Dinâmica de Geosferas da Academia de Ciência da Rússia, explicou que os meteoritos de rocha em regra não chegam à superfície da Terra, dissipando-se antes da chegada à atmosfera.

Os meteoritos de um metro de diâmetro colidem com a Terra, em regra, uma vez por ano.

Svetsov esclareceu que cerca dez por cento do total dos meteoritos são de ferro e lembrou que há dez anos, um caiu na república russa de Baskortostán, junto à localidade de Sterlimatak, e deixou uma cratera de dez metros de diâmetro.

 
Copyright © 2017 Meteoritos. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um Software Livre com licença GNU/GPL v2.0.
 

Caçadora de Meteoritos

Como Campari só eu sou assim
Banner

Tem Et?

Banner